1 de outubro de 2013

Shingeki no Kyojin


       O anime é baseado na série de mangá escrita e ilustrada por Hajime Isayama, e tem um tom pós-apocalipse. A história se desenrola em um mundo em que a raça humana está praticamente extinta por uma raça de criaturas gigantes, os titãs, que se alimentam de seres humanos.
      Para se proteger, os sobreviventes construíram três enormes muralhas: a Maria, Rose e Sina, sendo que a Maria a mais externa,  fica a população mais pobre; e Sina a mais interna abriga a população mais abastada.
      Durante 100 anos as muralhas que eram mais altas que os titãs protegeram a humanidade, até que certo dia apareceu um titã raro, maior que a muralha, destruindo-a e permitindo que titãs menores entrassem dentro do território humano, matando muitos.
    A partir daí a história toma o foco de Eren Jaeger e sua irmã adotiva Mikasa Ackerman, que presenciando o horror da invasão dos titãs, incluindo ver um devorando a mãe deles viva, decidem eliminar os titãs e integrar as forças do exército contra esta ameaça.

     Shingeki no Kyojin não é um anime para crianças, seu conteúdo adulto se evidencia, nas cenas chocantes dos ataques realizados pelos titãs. Além disso, o mistério que envolve os titãs e seus ataques impele quem acompanha a série a não querer parar de ver.
     O anime mostra a capacidade do ser humano em sobreviver, mas também demonstra toda a mesquinhez e crueldade que somos capazes de perpetrar seja em nome de um ideal, de dinheiro ou simplesmente por medo. É impossível assistir o anime sem ser tocado por suas reflexões. 

     Pra quem quiser acompanhar só visitar o site, onde pode-se encontrar o anime e o mangá tanto para baixar como para ver/ler online. 


     Vale dizer que o mangá fez tanto sucesso, que em 2014 é provável que chegue aos cinemas a versão cinematográfica, acima o cartaz não oficial feito por Kouji Tajima, como uma forma de "entrevista de emprego", já que ele manifestou interesse em trabalhar na produção.