28 de junho de 2010

Engano


O que um coração quebrado escreveria?
De que partes tão perdidas
Ele diria palavras sensatas?

E lá está ele tão disperso,
Esperando que possa voltar a dizer
Cada palavra, novamente soprada
na mente inerte de seu autor.

E no confuso amor, ele se perde.
Não há palavras, nem senso...
Onde o nexo se perde
Aquele coração se enleva

E por que ele pretenderia?
Colocar suas batidas
Traduzidas em palavras
Tão inúteis, tão pequenas, tão sóbrias.

Ele quebrado se nega,
a dizer suas verdades
Elas de nada adiantam
Ele está apaixonado?

Fonte da Imagem: Orquídea.