13 de setembro de 2010

O Nome do Vento - Patrick Rothfuss


            Pensei muito antes de começar a falar deste livro, que comecei a ler sem muitas esperanças, um livro que peguei pra abandonar... Mas todo livro é uma surpresa, e este foi uma das mais interessantes, pois devorei ele completamente, digeri suas páginas lentamente, sem pressa, com deleite, como se estivesse a comer um doce preferido.

               A história é uma fantasia onde o herói misterioso nos é apresentado como um mero taberneiro, mas a medida que se avança, percebe-se a complexidade do enredo.
              Kvothe cresceu entre artistas itinerantes, mago, taberneiro, um herói, um matador, ninguém sabe ao certo quem ele é realmente, sua busca pela verdade por trás do grupo denominado Chandriano, o leva a muitos lugares, e ele se torna muitas pessoas. Um personagem que pode parecer invencível, se torna também frágil...
                  Patrick Rothfuss consegue nos prender em sua história, criando um mundo de fantasia que ultrapassa em muito os autores da atualidade.
                  Um livro que não se pode deixar de ler!

O NOME DO VENTO